Alterações na tábua de mortalidade e na taxa de juros levam a aumento do passivo Plano Fechado Copasa - De Olho na Libertas

Últimas

Home Top Ad

Estamos sempre De Olho na Libertas

Post Top Ad

O preço de uma aposentadoria tranquila...

sábado, 14 de abril de 2018

Alterações na tábua de mortalidade e na taxa de juros levam a aumento do passivo Plano Fechado Copasa

A exemplo do Plano Fechado, o passivo do Plano Saldado Copasa também vem aumentando desde sua criação em 2010, passando de R$ 626.755 milhões para R$ 1.090.748 milhões, um aumento de 74%, o que pode ser atribuído a alterações das premissas atuariais, notadamente as tábuas de mortalidade e a redução da taxa de juros, que passou de 6% para 4,72%.  A redução da taxa de juros e a rentabilidade insuficiente dos anos de 2013, 2014 e 2015 acabaram por levar o Plano a um déficit acumulado de R$ 155 milhões, dos quais R$ 83 milhões deverão ser equacionados, já a partir de 2018, de forma paritária entre participantes ativos e assistidos e a patrocinadora.

A diferença entre o déficit do plano e o valor a ser equacionado se deve à nova legislação introduzida pela Resolução CGPC 015/16 que permite o equacionamento de apenas parte do déficit.

Os conselheiros eleitos estão atentos, principalmente aos estudos que determinam a taxa de juros, para que novas reduções desnecessárias ou prematuras possam vir a impactar o plano ainda mais. Também estarão analisando a Política de Investimento visando melhorar a rentabilidade dos investimentos. 

Em relação aos investimentos, o plano apresentou rentabilidade acumulada de 106,22% contra uma meta atuarial de 107% o que por si só não seria suficiente para explicar o déficit crescente do Plano. É lícito afirmar que muito mais do que a rentabilidade pouco abaixo da meta atuarial, foi a elevação do passivo, causada pela diminuição da taxa de juros a principal causa do déficit do plano. Os ativos desse plano também têm um crescimento menor do que o Plano Fechado, muito em função do fato deste plano não receber mais contribuições ao contrário do que ocorre no Plano Copasa Fechado.


PLANO SALDADO COPASA
EVOLUÇÃO DO PASSIVO (COMPROMISSO DO PLANO)
ANO
CRESCI. SALARIAL
INFLAÇÃO
SALARIO
CAPAC.
SALARIAL
TÁBUA DE BIOMÉTRICA
ROTAT.
TAXA DE JUROS
RESERVA MATEMÁTICA
(PASSIVO)
2010
0

98,03
AT-200/AT49
1,18
*6,00
626.755
2011
0
4,51
98,03
AT 2000/TWINK
0,69
5,75
700.955
2012
0
4,49
98,03
AT 2000/TWINK
0,69
5,53
753.780
2013
0
5,00
97,82
AT 2000/AT49
0,85
5,53
779.879
2014
0
5,05
97,80
AT 2000-10/AT49
1,26
5,50
836.797
2015
0
5,17
97,80
AT 2000-10/AT49
1,03
4,90
1.007.025
2016
0
5,28
97,70
AT 2000-10/AT49
0
4,72
1.090.748

EVOLUÇÃO DOS ATIVOS

ANO
META
RENTABIL.
ATIVOS
LIQUIDOS
RESULTADO ACUMULADO
(PASSIVO – ATIVO)
DEFICIT A SER EQUACIONADO
2010
*2,63
4,07
631.406
+ 4.651

2011
12,34
11,32
676.186
- 24.768

2012
12,06
16,52
754.161
+379

2013
11,40
6,72
773.770
-6.110

2014
12,48
11,71
807.279
-29.517

2015
17,40
12,48
880.372
-126.653
-73.082
2016
11,80
13,93
935.370
-155.378
-83.270
TOTAL
107,04
106,22
48%



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom ads

...é a eterna vigilância