Coletivo De Olho na Libertas é contra qualquer tipo de demissão na Fundação - De Olho na Libertas

Últimas

Home Top Ad

Estamos sempre De Olho na Libertas

Post Top Ad

O preço de uma aposentadoria tranquila...

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Coletivo De Olho na Libertas é contra qualquer tipo de demissão na Fundação


'De Olho na Libertas' reconhece trabalho eficiente dos funcionários que aprimorou a governança, reduziu custos e riscos da Fundação; taxa de administração caiu de 1% para 0,65%

A Fundação Libertas vem, ao longo dos anos, aprimorando seus processos, seus métodos de gestão e a qualificação dos seus técnicos. O Coletivo de Olho na Libertas é testemunha disso, visto que nos últimos cinco anos interagiu de forma muito intensa com o corpo técnico e gerencial da Fundação e se sente responsável, também, pela evolução por que passou a Libertas nos últimos anos.

Foram vários os aprimoramentos na governança, que trouxeram maior eficiência e menor risco para as atividades da Fundação. Prova disso é o Relatório de Controles Internos, que teve reduzida, significativamente, as pendências junto aos órgãos de controle.

Atualmente, a Previc atua de forma direta e permanente na Fundação, por intermédio do programa de supervisão baseada em risco, e também vem constatando a melhoria dos processos de gestão.

A taxa de administração dos planos, que era de quase 1% no final de 2014, está hoje em torno de 0,65%, prova do aumento da eficiência da Fundação em todos os segmentos que ela atua.

Como toda instituição prestadora de serviços, a força de sua atuação está calcada, principalmente, em pessoas. São as pessoas que atuam na Fundação Libertas que o Coletivo de Olho na Libertas quer, neste momento, saudar. E sensibilizar a nova Direção para a necessidade de se preservar todos os quadros técnicos e administrativos.

O corpo funcional da Fundação consiste em um de seus principais ativos. O clima organizacional é ótimo, refletindo no espírito de cooperação existente entre as diversas áreas e as diversas pessoas.

Num momento de incerteza, tanto na área econômica, como na esfera política, faz-se importante preservar o clima e as relações de trabalho. O Coletivo de Olho na Libertas é contra qualquer tipo de demissão de trabalhadores da Fundação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom ads

...é a eterna vigilância